Monday, April 22, 2013

Fotos de Marilyn Monroe Morta


Veja as impressionates fotos do corpo de Marilyn Monroe, a mais linda atriz americana, encontrada morta em 1962 em circunstâncias misteriosas. 

As fotos são chocantes. Responda: A beleza permanece depois da morte?  






Fonte: Wikipedia
Marilyn Monroe
Nome completo Norma Jeane Mortenson
Nascimento 1 de Junho de 1926
Los Angeles, Califórnia
Nacionalidade norte-americana
Morte 5 de agosto de 1962 (36 anos)
Los Angeles, Califórnia
Ocupação Atriz

Marilyn Monroe (nascida Norma Jeane Mortenson; 1 de junho de 1926 — 5 de agosto de 1962)3 foi uma atriz, cantora e modelo norte-americana que estrelou em mais de 30 filmes que se tornaram um sucesso durante os anos de 1950 e 1960, e fizeram dela um sex symbol.

Depois de passar boa parte de sua infância em lares adotivos, Monroe começou uma carreira como modelo, o que levou a um contrato de cinema em 1946 com a Twentieth Century-Fox. Suas aparições nos seus primeiros filmes eram pequenas, mas suas performances em The Asphalt Jungle, All About Eve (ambos de 1950) e sendo a primeira pessoa a posar para a Playboy, chamou a atenção. Em 1952, ela teve seu primeiro papel principal em Don't Bother to Knock5 que prosseguiu com o papel principal no filme, Niagara, um filme melodramático que habitava em seu poder de sedução. Sua personalidade cômica em "loira burra" foi usada para filmes posteriores, como Gentlemen Prefer Blondes (1953), How to Marry a Millionaire (1953) e The Seven Year Itch (1955). Monroe estudou no Actors Studio para ampliar seu alcance na atuação para seu próximo filme dramático, o Bus Stop (1956), que foi aclamado pela crítica e recebeu uma indicação ao Globo de Ouro. Sua produtora, "Marilyn Monroe Productions", lançou The Prince and the Showgirl (1957), pelo qual recebeu uma indicação ao BAFTA e ganhou um prêmio italiano, David di Donatello. Ela recebeu um Globo de Ouro por sua performance em Some Like It Hot (1959). O último filme concluido de Monroe foi, The Misfits (1961), co-estrelado por Clark Gable com roteiro de seu então marido, Arthur Miller.

As circunstâncias de sua morte, é de uma overdose de barbitúricos, têm sido objeto de conjectura. Embora oficialmente classificado como um "provável suicídio", a possibilidade de uma overdose acidental, bem como de homicídio, não foram descartadas. Em 1999, Monroe foi classificada como a sexta maior estrela-feminina de todos os tempos pelo American Film Institute. Nas décadas seguintes a sua morte, ela tem sido freqüentemente citado tanto como um ícone pop e cultural, bem como o símbolo sexual por excelência americana.

Monday, August 8, 2011

Fotos dos Mamonas Assassinos Mortos


Fotos do acidente que chocou o Brasil em 1996, da banda Mamonas Assassinas. Triste e chocante, que levou a vida de 5 talentosos músicos que fazem muita falta no mundo. Impressionantes imagens, que só devem ser vistas se você tem sangue frio.

















Fonte: Wikipedia
História
Mamonas Assassinas foi uma banda brasileira de rock cômico. O som era uma mistura de punk rock com influências de gêneros populares, tais como forró, sertanejo, além de heavy metal, rock progressivo, pagode e música portuguesa. A carreira da banda, com o nome de Mamonas Assassinas, durou de Julho de 1995 até 2 de março de 1996 (pouco mais de 7 meses) e não só a morte de seus integrantes, como também o sucesso destes, foi meteórico e estrondoso. Com um único álbum de estúdio, Mamonas Assassinas, lançado em junho de 1995, o grupo acarretou a venda de mais de 3 milhões de cópias no Brasil, sendo certificado com Disco de Diamante em 1995, comprovado pela ABPD. Álbum este, que com letras bem-humoradas, como "Pelados em Santos", "Robocop Gay", "Vira-Vira", "1406" e "Mundo Animal", os levou ao sucesso estrondoso. Porém, no auge de suas carreiras, os integrantes da banda foram vítimas de um acidente aéreo fatal.

Acidente
A aeronave havia sido fretada com a finalidade de efetuar o transporte do grupo musical para um show no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. No dia 1º de março de 1996, transportou esse grupo de Caxias do Sul para Piracicaba, onde chegou às 15h45. No dia 2 de março de 1996, com a mesma tripulação e sete passageiros, decolou de Piracicaba, às 07h10, com destino a Guarulhos, onde pousou às 7h36.
A tripulação permaneceu nas instalações do aeroporto, onde, às 11h02, apresentou um plano de voo para Brasília, estimando a decolagem para as 15h00. Após duas mensagens de atraso, decolaram às 16h41. O pouso em Brasília ocorreu às 17h52.
A decolagem de Brasília, de regresso a Guarulhos, ocorreu às 21h58. O voo, no nível (FL) 410, transcorreu sem anormalidades. Na descida, cruzando o FL 230, a aeronave de prefixo PT-LSD chamou o Controle São Paulo, de quem passou a receber vetoração por radar para a aproximação final do procedimento Charlie 2, ILS da pista 09R do Aeroporto de Guarulhos (SBGR).
A aeronave apresentou tendência de deriva à esquerda, o que obrigou o Controle São Paulo (APP-SP) a determinar novas proas para possibilitar a interceptação do localizador (final do procedimento). A interceptação ocorreu no bloqueio do marcador externo e fora dos parâmetros de uma aproximação estabilizada. Sem estabilizar na aproximação final, a aeronave prosseguiu até atingir um ponto desviado lateralmente para a esquerda da pista, com velocidade de 205Kt a 800 pés acima do terreno, quando arremeteu.
A arremetida foi executada em contato com a torre, tendo a aeronave informado que estava em condições visuais e em curva pela esquerda, para interceptar a perna do vento. A torre orientou a aeronave para informar ingressando na perna do vento no setor sul. A aeronave informou "setor norte".
Na perna do vento, a aeronave confirmou à Torre estar em condições visuais. Após algumas chamadas da Torre, a aeronave respondeu e foi orientada a retornar ao contato com o APP-SP para coordenação do seu tráfego com outros dois tráfegos em aproximação IFR. O PT-LSD chamou o APP-SP, o qual solicitou informar suas condições no setor. O PT-LSD confirmou estar visual no setor e solicitou "perna base alongando", sendo então orientado a manter a perna do vento, aguardando a passagem de outra aeronave em aproximação por instrumento.
No prolongamento da perna do vento, no setor Norte, às 23h16, o PT-LSD chocou-se com obstáculos a 3.300 pés (1006 metros), no ponto de coordenadas 23º25'52"S 046º35'58"W. Em consequência do impacto, a aeronave foi destruída e todos os ocupantes faleceram no local.

Nota Adicional
Uma operação equivocada do piloto é a versão do Departamento de Aviação Civil (DAC) para explicar o acidente com o jatinho que causou a morte dos cinco integrantes do grupo Mamonas Assassinas na noite de 2 de março de 1996, em São Paulo.
A 10 quilômetros do International Guarulhos Airport, em Guarulhos, o piloto repetia, a pedido da torre de controle, o procedimento de aterrissagem. No entanto, em vez de fazer uma curva para a direita, virou o avião Lear Jet 25, prefixo PT-LSD, para a esquerda, chocando-se com a Serra da Cantareira.
Além dos componentes da banda, Dinho, que completaria 25 anos dali a três dias, os irmãos Samuel (que completaria 23 anos no dia 11 de março) e Sérgio, Júlio e Bento, também morreram no acidente o piloto, o co-piloto e dois assistentes dos artistas, Isaque Souto, primo de Dinho, e Sérgio Saturnino Porto, segurança do grupo.
A morte trágica de seus cinco integrantes causou comoção em todo o Brasil, menos de dois anos depois da morte de Ayrton Senna em 1994.

Formação
Membros
Dinho (Alecsander Alves) - vocais e violão
Bento Hinoto (Alberto Hinoto) - guitarra e violão
Samuel Reoli (Samuel Reis de Oliveira) - baixo
Sérgio Reoli (Sérgio Reis de Oliveira) - bateria
Júlio Rasec (Júlio César) - teclados, backing vocals e vocais

Mortos Famosos

A morte sempre atrai as pessoas. A morte de artistas famosos move milhares de curiosos que querem ver fotos de seus corpos mortos, movidos por uma mórbida curiosidade.

Mortos Famosos - A Necrofilia da Arte - Site para necrófilos e curiosos, que não se impressionam com cadáveres, que mostra nosso destino final.

Este blog vai mostrar corpos de famosos mortos. Imagens fortes e grotescas. Veja por sua conta em risco.